Textos Recentes »
Últimos Comentários »
Populares »

Meu Amigo, Dom Pedro II

Escrito por Moderador em 14.Mar.08 – 10:03

O texto de Mario Persico é uma fantasia histórica sobre os últimos dias do segundo império e o alvorecer da república. O espetáculo que estreiou em 1997, cumpriu temporada no Porto (Portugal), com o título de MEU AMIGO, O REI - em virtude de Dom Pedro II não ser um personagem estudado no currículo escolar português. A peça conta a história de Dudu (Mario Pérsico) uma criança de seis anos que um dia encontra e recorta uma foto de Dom Pedro II (Alberto Frigo) do livro de história do irmão (Rodrigo Cintra) e com isso trás Dom Pedro II para a época atual. As complicações aumentam com a chegada de Caíque (Fabrício de Castro), primo de ambos que chega inesperadamente e descobre o imperador em carne e osso na casa dos primos. Por girar em torno de um personagem histórico real, o espetáculo mostra de forma bastante lúdica, aspectos do Segundo Reinado, que durante seus 49 anos de grande progressos, trouxe ao país a luz elétrica, a primeira estrada de ferro, o telefone e acabou por abolir definitivamente a escravatura no país em 13 de maio de 1888.

Também são mencionados hábitos e costumes da vida na corte. O imperador almoçava ás 8 da manhã e entre suas preferências estava ler, estudar, ir a teatros, concertos e todas atividades de cunho cultural artístico e cientifico.

A história do triste e solitário menino Dudu traça um paralelo com a história de Dom Pedro, outro menino triste, órfão de mãe e abandonado pelo pai que cresceu educado para ser rei contra a sua vontade. Gilberto Freire diz que aos vinte anos Dom Pedro já tinha a cabeça completamente branca e aspectos de um velho- A juventude fugira dele á galope. Agora ele e as crianças irão viver várias aventuras inusitadas. A peça pega Dom Pedro em seu último ano de reinado, um pouco antes da abolição da escravatura.


Publicado em Meu Amigo, Dom Pedro II | Comments Off